Bolo de dióspiros com nozes e canela

7 pax | Fácil | Económico | Tempo 1h30 (mais o tempo de arrefecimento)

200g de polpa de dióspiros bem maduros, sem pele e sem a parte branca
250g de farinha
130g de açúcar amarelo
1 colher de café de fermento em pó
1 colher de café de bicarbonato
1 colher de chá de canela em pó
1 pitada de sal fino
2 ovos (L)
3 colheres de sopa de azeite
1 dl de leite
3 colheres de sopa de rum, ou brandy, ou aguardente (opcional)
100g de miolo de nozes
80g de sultanas
Papel vegetal para forrar a forma
Gelatina de dióspiros:

500g de polpa de dióspiros bem maduros sem pele e parte branca
1 dl de sumo de tangerina
5 folhas de gelatina (10g)


  1. Ponha as folhas de gelatina a demolhar em água fria durante 5 minutos.
  2. Deite a polpa dos dióspiros para uma tigela e esmague bem com um garfo.
  3. Junte o sumo de tangerina e misture.
  4. Escorra a gelatina e leve-a a derreter em banho maria ou no micro-ondas sem deixar ferver.
  5. Depois junte-a à mistura do dióspiro, mexa e divida a mistura por formas individuais e leve ao frio até solidificar.
  6. Pique o miolo de nozes grosseiramente e deite-o para uma frigideira.
  7. Leve ao lume durante 5 minutos para que fique torrado e liberte o aroma.
  8. Desligue o lume e deixe arrefecer.
  9. Forre uma forma com papel vegetal e ligue o forno a 180º.
  10. Deite o miolo de nozes para uma tigela e junte as sultanas e o brandy ou outro álcool à escolha e misture.
  11. Numa tigela misture a farinha, o açúcar, o fermento, o bicarbonato e a canela.
  12. Noutra tigela misture a polpa dos dióspiros, os ovos, o leite e o azeite e bata bem com a varinha mágica.
  13. Depois junte à mistura da farinha e bata bem.
  14. Junte o miolo de nozes e as sultanas, misture bem e deite na forma.
  15. Leve ao forno durante 50 minutos.
  16. Verifique a cozedura com um palito.
  17. Retire e deixe arrefecer um pouco.
  18. Desenforme e deixe que fique frio.
  19. Sirva em fatias, com a gelatina decorada a gosto.

Bolo de dióspiros com nozes e canela
1 Voto

Comentários

comentários